terça-feira, novembro 03, 2009

Em paz com a paz


Andei examinando a minha produtividade literária. Ao longo dos meses, a curva andou decrescendo. Minha cabeça anda meio sossegada de idéias.

Já sabendo que minha criatividade redatória tem tudo a ver com a minha ansiedade, e percebendo que, após a tempestade, meu coração agora vive a calmaria, comecei a achar estranhamente positiva minha falta de ter o que dizer.

Após trancos e barrancos, meu emocional finalmente começa a assentar. Em plena volta do feriadão, eu me sinto em paz.

E uma vez que estar em paz nunca foi fácil pra mim, veio a necessidade de escrever.

Coisa difícil esta, ficar em paz com a paz, após tantos anos de drama.

8 comentários:

Luli disse...

Como eu ando ácida e atacada ultimamente... Você já tomou seu Activia hoje?

hahaha, te amo amiga.

Leonardo disse...

Te entendo perfeitamente! Sinto a mesma coisa. Junte-se a isso a canalização da minha criatividade para as aulas de cinema e está explicado o meu sumiço do blog...

Beijo!!

Edilson disse...

Era apenas uma questão de tempo.


Beijo.

raulzitos disse...

hahahaahhaha me sinto assim.. estranhamente em paz...

acho que foi a santa desatadora de nós!!

bjão maninha

Ricardo Pereira disse...

Se eu tivesse 'paz' para escrever escreveria mais, rs.

Apple of the Eyes disse...

ahahaha amiga que saudades filha!
vai dizer q essa "estranheza" nao eh muito mais gostosa?
no more drama...much more love and peace...bjos
adoro!

Marcela Marson disse...

Concordo com a habibinha! essa tranquilidade é mto mais gostosa!
No more drama!
Um brinde ao AMOR.

Felipe disse...

Ela invade o coração e ocupa todos os espaços. Raro sentimento do copo sempre cheio.

;-)
Fe