quinta-feira, julho 05, 2007

Tudo Igual

Todos nós conhecemos a velha máxima: homem é tudo igual!

Eu sempre fui contrária a esta afirmação: como poderiam os homens serem todos iguais? Como alguém poderia ser igual a outra pessoa? Não, não, algo só podia estar errado, cada um é cada um!


Até que resolvi parar e observar os comportamentos masculinos. Aliás gente, desculpa, é que agora tudo pra mim é comportamento, vocês já devem ter reparado, né? Bom, voltando, comecei a perceber sim alguns fatores em comum a estes seres mais do que manjados: homens, vocês vão me desculpar, mas não é que vocês são realmente cara de um, focinho do outro?

Os homens são objetivos, simplistas e, em se tratando de perceber o outro, parecem muitas vezes possuir a profundidade de uma colher de chá. Mal sabem a hora de chegar e se adiantam demais na hora de sair, e muitas vezes, enquanto de fato ainda estão, parecem não estar. Sensibilidade, mesmo que mínima, parece não ser seu forte.

Parece que no cérebro masculino faltam algumas conexões sinápticas referentes ao tema “A Importância de um Telefonema”. Este é um exemplo claro - juro, não consigo entender como esses seres do sexo masculino não percebem alguns pontinhos básicos, como:

1) a importância de ligar no dia seguinte (caso queiram alguma coisa a mais, claro);
2) a importância de ligar caso esteja atrasado mais do que 30 minutos;
3) a importância de saber ouvir no telefone;
4) a importância de saber falar no telefone mais do que as cinco clássicas palavras: “tá livre hoje à noite?”;
5) a importância de realmente ligar quando dizem que vão ligar;

Penso em qual será a dificuldade dos homens em usar sua tão valiosa objetividade em algumas situações especificamente importantes: se é só uma trepada, que fique claro. Se pretendem aparecer com outra, não chamem outras senhoritas para sair dois dias antes, caso estas últimas corram o risco de ver O Grande Encontro. E, por favor, dizer que não vai dar para encontrá-la agora, mas que qualquer coisa acorda no meio da noite para “fazer alguma” é no mínimo ultrajante.

Parecem igualmente faltar noções básicas de linguagem: dizer “sair hoje à noite” não pode, em instância alguma, significar ao mesmo tempo “só vou te procurar no fim de semana”. A expressão “hoje à noite” implica numa delimitação concreta de tempo e espaço (hoje à noite é hoje à noite, e em pleno meio de semana não é fim de semana), e não há exceção semântica ou sintática que fuja à esta regra. E falar com voz de coitado no telefone ao perceber o vacilo já não amolece mulher nenhuma que esteja minimamente zangada – fazer isso é cagar e sentar em cima.

Um atraso de 15 minutos, no máximo 30, é totalmente tolerável, o que é bem diferente de um atraso de duas horas e meia não avisado anteriormente, seja por ter ido na casa da tia, seja por ter ficado preso numa partidinha de bilhar. Não há pretexto que sirva para justificar a falta de aviso sobre o atraso. Isso é falta de educação, ou no mínimo, desinteresse (e se for assim, como já disse antes, por que não deixar beeem claro?). Chamar a melhor amiga da ex-namorada para sair também não é bacana, mas parece que os homens acham que é. E, vejam bem, dizer que a menina é “gostosa pra cacete” significa apenas que ela é gostosa pra cacete: não é demonstração de afeto.

O mesmo vale para convites para dormir juntos 15 dias após a última vez que se viram e se falaram, especialmente se esta última vez foi a primeira em que vocês dormiram juntos – sem a ligação no dia seguinte, é claro. Não há o que justifique, de semana de provas a doenças infecto-contagiosas: além de ser cara-de-pau, demonstra falta de consideração. E isso também vale para quando eles adoram dizer que você está sumida, sendo que ficaram de te procurar há mais de um mês. Mais ainda: se disseram que estão envolvidos por outra pessoa, e isso significar dar um pé na bunda da atual, nada de procurar esta mesma quando terminar o namoro-relâmpago: existe aí um tempo mínimo de “preservação do próprio filme” de pelo menos 15 dias pra não parecerem pobres machos desesperados. Chega a ser patético.

Contar pros amigos detalhes sórdidos da última transa com a gatinha é totalmente normal (quem disse que não fazemos o mesmo?), mas se existir a mínima possibilidade de isso chegar nos ouvidos da gatinha em questão, pega mal pacas. E esse é um cuidado que, infelizmente, os homens não têm muito.

Dizer que pensa em ter algo sério com a mocinha, e depois de 1 semana falar que era “coisa de momento” é a atitude que mais denigre os homens, que depois não entendem porque são chamados de volúveis. Honestamente, melhor se calar do que falar baboseiras em nossos lindos ouvidinhos. Também é melhor poupar saliva antes de convidar a moça prum ménage-a-trois sem saber se esta fruta cabe na geladeira dela – corre-se o sério risco de ouvir uns palavrões.

Homens, por favor: parem de subestimar nossa inteligência dando desculpas esfarrapadas após perceberem que vacilaram. Parem de achar que suas justificativas são excelentes: não nos convence mais. E por favor, parem de fazer vozinha de nenê no telefone tentando ganhar nossa simpatia. Não funciona.

Se esperam que sejamos menos frageizinhas, menos desconfiadas e menos encanadas, façam um favor a vocês mesmos e parem de cagar em nossas cabeças com seus tão costumeiros comportamentos infantis: sejam homens de verdade.

Homem?

Bah... TUDO igual.


PS: O texto acima não é obra de ficção, e foi elaborado com base em depoimentos e fatos reais. Qualquer semelhança com personagens ou eventos verdadeiros, infelizmente, não é mera coincidência.

6 comentários:

Flavia Melissa disse...

a verdade é que as mulheres são as grandes culpadas por tudo isso aí escrito. muito bem escrito por sinal. mas infelizmente é, sim, tudinho culpa nossa. pois se os homens cagassem no pau e a gente os banisse para sempre das nossas vidolas, não incidiriam em comportamentos reforçados negativamente. pronto, essa é prá vc, que anda amando comportamentos. não nos esqueçamos dos reforços!

agooooora... sabe o que eu penso? (e desculpa, mas é que hoje eu to empolgada em escrever, vc não sabe o quanto é reconfortante estar aqui e entrar num blog atualizado. é praticamente a redenção!)

eu penso que na verdade a gente peca em tentar atribuir uma lógica feminina a comportamentos masculinos. caralhos cravejados de brilhantes, se sabemos que é assim, porque ainda esperamos um telefonema quando dizem que vão ligar? porque queremos que eles liguem. e desculpa, mas a verdade é que eles não tem nada a ver com isso...

então a solução é a gente se posicionar. disse que ia ligar e não ligou? fecha a conta e passa a régua. disse que vc era especial e na semana seguinte sumiu? já foi tarde.

a gente tem que ter a sensação de que está indo com a correnteza; não contra ela. quando a gente sente que tá remando contra a maré é hora de dar um tempo e repensar as atitudes.

só assim.
não dá prá mudar os outros.
só a gente mesmo.

te amo horrores.
beijos!

ps_quer fazer o favor de mandar um e-mail? unzinho, só? quero sabe-er!

Fê Savino disse...

Nana-do-céu... e não é que é tudinho assim mesmo?
Meu Deus.... acho q todos os homens deveriam despender de seus
preciosos cinco minutinhos para parar e dar uma lida e, quem sabe, dar
uma refletida sobre o que vc escreveu!!! Porque sim, é tudinho verdade
da mais pura das verdades... praticamente um mini-super-minúsculo
manual de etiqueta para trogloditas... hauhauhaua
O pior é que estamos cercadas deles por todos os lados e, no fundo,
não sabemos viver sem... mas que eles ainda têm mtoooo o que aprender,
a isso têm... hehehe
Bjinhos, querida!

Fê Savino disse...

Acabei de ler o comentário da Flavitcha e tenho que admitir: não é que ela tem razão?! Mais uma vez... saco! hehe

Wallance disse...

"O que ela gostaria..."
essa é a frase mais usada no meu relacionamento.
Afinal, o que eu gostaria e faria não esta de acordo com o que ela gostaria e faria.
Resumindo, concordo com a N. pq sim, não soubemos metade do que vc gostaria que soubessemos. Sim agimos de forma "primitiva". Somos simplistas e racionais.
Assim como concordo com a FM.
A mulher espera muito de um homem. Quer um homem que seja bonito alto moreno inteligente carinhoso amoroso etc. etc. etc.
Isso existe, eu(rs).
Existe esse homem, contanto que vc esteja afim de "investir" num homem(projeto) para torna-lo nesse homem.
Se vc ainda não encontrou esse homem(projeto), talvez seja pq vc não esta preparadapara e/ou sabe como fazer esse homem.

em outras palavras:
A padaria faz um bolo muito bom,
mas o seu feito em casa pode ser muito melhor.

Bjs meninas

ferossini disse...

Mas é tão simples que parte do eles são primatas q vcs ainda nao entenderam? eu hein!! rs
Eu vou inclusive escrever um texto sobre isso!
Aguarde!!

Anônimo disse...

Cada vez mais acredito que os homens são um fracasso. Sempre quis construir um reinado com alguém especial, para mim. Infelizmente vejo o quanto são neuróticos e estressados, isso porque não tem TPM. Cansei de ser mal tratada, enganada.
MCC