sexta-feira, outubro 26, 2007

Se eu... você...?

Se eu te disser que não sei o que sinto você irá me entender?

Se eu te disser que tá tudo confuso, você compreende? Se eu te disser que foi esquisito?

Se eu te disser que me sinto perdida, você me ajuda a me encontrar? Se eu confessar que não sei quem eu sou, você me ajuda a descobrir?

Se eu me irritar, você vai ter paciência? Vai escutar se eu precisar falar?

Se eu de repente pirar, vai saber ouvir minhas paranóias, os meus delírios, minhas histerias, e vai acreditar em mim? Vai me dizer que eu tenho razão?

Se eu me sentir triste e não souber porque, você pesquisa comigo? E se for por coisas terríveis, você segura essa pra mim? Me diz que tudo vai ficar bem?

E se eu por acaso errar? Você me perdoa? Diz que confia em mim?

Se eu me perder no caminho, você me ajuda a achar a saída? Sai comigo do labirinto? Se eu perder o leme, a vela, o rumo, o prumo? Você rema comigo? Me ajuda a descobrir onde fica o Sul?

Se eu chorar no meio da noite, você afasta os fantasmas de mim? Diz pra eles irem embora? E se eles não forem, você fica comigo até amanhecer? Reza comigo uma reza vazia?

E se eu te disser que nem tudo são flores? Você planta algumas pra mim?

Se eu me afastar de tudo, você chega e me impede? Se eu resolver desistir, você me mostra motivos pra continuar? Se eu não vir meu valor, você os relembra pra mim?

Se eu me decepcionar, você me mostra o bom lado da vida? E me faz sorrir de novo? Me faz acreditar no amanhã? Me aponta o futuro que eu quis?

E se eu chorar, você seca minhas lágrimas?

Se eu sair por aí, e mostrar a cara pra vida, você espera eu voltar? E quando eu voltar, você vai me querer?

E se eu resolver que ainda não sei o que quero?

Você vai acreditar?

2 comentários:

Anônimo disse...

sim, espero. Acredito.

*juju* disse...

ahhhhhhhhhhn!
doeu. senti. amei.
(me empresta?)